+55 13 9 9162-8578

©2019 by outlierstudio
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

  • Angelo Geraci

V-Ray ou Lumion? Qual o melhor?

Atualizado: 6 de Set de 2019

Os top renderizadores do momento para projetos de arquitetura, interiores e afins, são o V-Ray e o Lumion, o V-Ray já domina o mercado de renderizações de maquete eletrônica a alguns anos aqui no Brasil, porém o Lumion vem ganhando força a cada ano.


A cada atualização nova que lançam as empresas responsáveis pelo V-Ray e pelo Lumion os programas melhoram ainda mais e ficam cada vez mais intuitivos, proporcionando cada vez mais uma curva de aprendizado melhor e mais rápida ao usuário.


Lembrando que, o Lumion só ganhou verdadeiro destaque e passou a competir de igual pra igual com o V-Ray, após a versão 8.0, se for levar em consideração as versões anteriores do Lumion, o V-Ray ganha disparado.


Vamos aos prós e contras de cada um


Lumion


Prós:


  • Renderização mais rápida; eu diria que esse pró é a verdadeira “cereja do bolo” para o Lumion quando falamos em compara-lo com o V-Ray. Devido ao Lumion trabalhar com renderização em GPU (utilizando mais a placa de vídeo) o render é muito, mas muito mais rápido.

  • Animações 3D; o Lumion proporciona ao usuário facilidade na criação de animações 3D podendo adicionar efeitos e transições presentes no próprio software.

  • Vegetações; o Lumion tem uma das melhores bibliotecas que existem de vegetações, plantas e afins, o software apresenta nativamente, bibliotecas de algumas das maiores empresas de blocos 3D do mundo, além disso os blocos não são muito pesados e te permitem trabalhar com fluidez nas suas criações.

  • Interface Intuitiva; a interface do usuário no Lumion é bastante amigável, fluida e não assusta usuários novos, o software é tão intuitivo, que ao trabalhar com ele temos a sensação de estar jogando vídeo game.


Contras:


  • Hardware; sim, o Lumion necessita de uma máquina mais robusta para funcionar bem, o que exige um investimento um pouco maior no equipamento. Para começar a trabalhar com o Lumion sem passar raiva com travamentos, é recomendável um computador com uma placa de vídeo com, pelo menos, 4 GB de memória dedicada, se for trabalhar somente com projetos pequenos, 2 GB já atende, mas o recomendado é pelo menos 4 GB para garantir e 6 GB para trabalhos maiores.

  • Espelhos; o software ainda não consegue fazer adequadamente os cálculos de reflexão de espelhos, quando tem somente um espelho no ambiente ele reflete normalmente, mas quando tem um espelho refletindo o outro, as vezes gera um certo bug na reflexão de um dos espelhos.

  • Iluminação; outro fator que o Lumion ainda não alcançou excelência nos cálculos é a iluminação, sabendo trabalhar com o software pode-se sim fazer projetos incríveis de iluminação, mas fique atento, pois as vezes a luzes varam alguns objetos.


V-Ray


Prós:


  • Realismo; não tem jeito, ainda não existem renderizadores que chegam tão perto da realidade quanto o V-Ray, claro que desde que sejam feitas as configurações adequadas dos materiais, mas o V-Ray principalmente em cenas internas apresenta uma qualidade incrível de fotorrealismo.

  • Hardware; ao contrario do Lumion, o V-Ray não precisa de uma máquina tão robusta para funcionar bem, claro que quanto melhor o equipamento, mais rápido vão ser as renderizações, mas para o V-Ray funcionar, basta um bom processador e o restante dos elementos da máquina medianos.

  • Mais requisitado; pra você que é estudante de arquitetura ou design de interiores e procura um estágio ou pra você que já é um profissional formado e procura trabalho na área, o V-Ray é o software de renderização mais requisitado nas entrevistas de trabalho nessa área.

  • Edição de materiais; o V-Ray te permite fazer uma configuração incrível nos matérias, contem elementos avançados para deixar a texturização muito profissional.


Contras:


  • Tempo de render; dependendo das configurações da sua máquina, um bom render no V-Ray pode demorar muito, e mesmo que seu computador seja muito bom, o tempo de renderização ainda vai ser bem maior do que no Lumion.

  • Curva maior de aprendizagem; o V-Ray é um software mais complexo do que o Lumion, devido a isso o aprendizado demora um pouco mais.

  • Animação 3D; é até possível fazer animações com V-Ray mas não vale a pena, pois pelo método de renderização usado pelo software demoraria muito e exigiria uma super máquina para funcionar bem.

Conclusão


Analisando os prós e contras que destaquei, percebe-se que os dois softwares tem suas particularidades tanto positivas quanto negativas. O Lumion tem mais praticidade na interface e renderiza mais rápido, já o V-Ray demora mais, mas trás um resultado mais realista em alguns aspectos.


Mas afinal, qual o melhor, V-Ray ou Lumion? A reposta é, DEPENDE, mas por que depende?

Depende da necessidade do profissional que vai utilizar o software, se o intuito for chegar o mais próximo possível da realidade, o V-Ray é mais indicado, agora se o intuito for renderizar com mais agilidade ou fazer animações 3D, o Lumion é mais indicado, lembrando que o Lumion também trás resultados muito realistas, mas nesse aspecto o V-Ray ainda está um degrau acima.


Então tudo depende de como você pretende trabalhar, e quais são suas necessidades, estudantes normalmente começam no V-Ray, até por não ter que gastar tanto com uma máquina como gastariam para rodar o Lumion e pela maior demanda no mercado de trabalho para usuários de V-Ray.


Minha Opinião


Vou dar minha opinião pessoal sobre o assunto, porém acho importante cada um tirar suas próprias conclusões, analisando os prós e contras e suas necessidades. Trabalho com 3D desde 2015, quando comecei a renderizar fui seguindo aquilo que atendia melhor a demanda de trabalho que eu tinha naquele momento, passei por inúmeros renderizadores, Kerkythea, V-Ray, Revit...


Hoje em dia, eu trabalho mais com o Lumion, pois preciso de mais velocidade para terminar os trabalhos, entretanto dependendo do trabalho eu utilizo também o V-Ray.


Acredito que todos nós temos os nossos softwares “queridinhos” aqueles que gostamos mais de mexer, mas no meu entender, o ideal é estar sempre se atualizando, aprendendo tudo de novo que aparece no mercado, pois não podemos deixar de lado as novidades no mundo do 3D.


Minha dica é: vá em busca e aprofunde seus estudos naquele software que lhe atender melhor nesse momento, quando já estiver dominando ele, comece a estudar os outros e esteja sempre se atualizando cada vez mais, como eu disse antes, o mercado não para, temos que estar sempre preparados para o que aparecer e não podemos ficar pra trás.


CLIQUE AQUI para saber mais sobre Lumion


CLIQUE AQUI para saber mais sobre V-Ray


Gostou do artigo? Deixe seu like e comente aqui abaixo o que achou, sua opinião é muito valiosa para que continuemos a criar conteúdo para o blog, não esqueça de compartilhar em suas redes sociais. Obrigado pela sua leitura. 😊