+55 13 9 9162-8578

©2019 by outlierstudio
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

  • Angelo Geraci

O AutoCAD vai acabar?

Atualizado: 26 de Nov de 2019

Sabemos que atualmente existem inúmeros softwares de desenho bem mais direcionados as suas respectivas áreas do que o AutoCAD, vamos pegar como exemplo a área de arquitetura, que é a minha e talvez a sua também.


Na arquitetura, os concorrentes diretos do AutoCAD são o ArchiCAD e o Revit, que realmente com o passar dos anos vem ganhando força no mercado, existe até mesmo discussões em fóruns de profissionais da construção civil discutindo qual dos dois seria o melhor, mas isso é assunto pra outro artigo...


O AutoCAD foi uma ferramenta que quando chegou, revolucionou a área da arquitetura no Brasil, pois até então existiam poucos softwares de desenho, e eram softwares ainda não difundidos no mercado, o que fazia com que, mesmo existindo alguns softwares, a maioria dos profissionais ainda fazia projeto no bom e velho papel manteiga, tudo a mão, o que como já sabemos, da muito mais trabalho e se perde muito mais tempo pra se fazer.


Com o passar dos anos o AutoCAD foi recebendo atualizações e ganhando mais recursos facilitando cada vez mais a experiência do usuário, o que com o tempo foi tornando a curva de aprendizado do software muito menor.


A grande diferença do AutoCAD para seus concorrentes na área de construção civil é que os outros softwares são feitos especificamente para isso, facilitando muito o profissional na hora de fazer o desenho enquanto, por exemplo, o AutoCAD é um software específico para desenho, já o Revit e o ArchiCAD são específicos para desenho de arquitetura e construção civil.


Falando dessa maneira parece muito similar, mas não é, supondo que você desenhe uma parede no AutoCAD, ele não vai identificar aquilo como uma parede e sim apenas como linhas, já o Revit identificará a parede já como uma parede e isso influencia muito, pois torna a praticidade de utilização do software muito maior, comparando as ferramentas de ambos os softwares, nesse caso AutoCAD e Revit, eu diria que o desenho de um projeto no Revit fica pronto pelo menos 70% mais rápido do que no AutoCAD e ainda com um nível de detalhamento e qualidade visual bem superiores.


*Obs.: estou comparando com o Revit pois tenho um conhecimento técnico muito maior no Revit do que no ArchiCAD mas o mesmo vale para ambos.



Mas vamos ao que interessa, afinal o AutoCAD vai acabar? Sim ou não?


A resposta é NÃO, o AutoCAD NÃO vai acabar tão cedo, por mais que as tecnologias estejam cada vez mais avançadas e fazendo tudo automaticamente, o AutoCAD no Brasil é um programa universal e ainda está em ascensão, eu vejo como obrigação de todo profissional da construção civil que trabalhe com desenho de projetos saber ao menos o básico de AutoCAD.


Alguns fatores que acredito serem determinantes para a permanência do AutoCAD no mercado ainda por um tempo:


  • Ainda é o software mais utilizado para desenhos técnicos no Brasil, tanto por empresas como por profissionais autônomos.

  • É utilizado inclusive para ensinar desenho técnico em muitas faculdades e cursos técnicos ou profissionalizantes.

  • É fácil de aprender, mesmo sozinho.

  • Pela quantidade de usuários, não seria economicamente viável a Autodesk (empresa responsável pelo AutoCAD) encerrar o software.

  • Ainda lança atualizações todo ano.

  • Muito utilizado também em outras áreas como por exemplo mecânica.


Vemos que existem muitos fatores que ainda atestam a permanência do AutoCAD por um tempo no mercado, importante ressaltar que estou pegando como base o mercado brasileiro para está análise, que é o qual eu possuo experiência.


Então significa que ainda sabendo somente trabalhar com o AutoCAD já está bom? Definitivamente NÃO!


Como eu disse antes, o AutoCAD está tão difundido no mercado que é praticamente uma obrigação saber utilizar o software.


Para desenhos técnicos para arquitetura eu recomendo a utilização do Revit pois ele gera cortes e vistas automaticamente, faz tabelas de quantitativos de matérias, e muito mais, o Revit é extremamente completo com relação a projetos para construção civil.


Se você é um estudante de arquitetura ou engenharia ou um profissional buscando se atualizar, fica a dica, o ideal é: saber AutoCAD pelo menos do básico ao intermediário e focar mesmo em aprender softwares mais específicos como o Revit e o ArchiCAD (escolha um dos dois para focar-se, não adianta saber só um pouco de cada, tem que ter conhecimentos avançados em pelo menos um para se destacar), dessa forma sempre estará preparado para os desafios que aparecerem no mercado de trabalho.


Voltando a falar sobre AutoCAD, acredito que ele ainda estará em ascensão no mercado brasileiro por mais uns quinze a vinte anos e mesmo empresas que já utilizam softwares mais específicos, muitas vezes ainda usam o AutoCAD para algumas tarefas pois sempre existem aqueles profissionais mais antigos que preferem trabalhar do jeito deles, eu mesmo conheço alguns que negam-se a se atualizar, o que eu não recomendo mas acontece muito.


Para finalizar, é isso, atualizem-se! O principal é sempre estar o mais por dentro possível de como anda nosso mercado de trabalho para poder aproveitar as oportunidades que aparecerem e com isso ir ganhando experiência e crescendo cada vez mais profissionalmente.


Gostou do artigo? Deixe seu like e comente aqui abaixo o que achou, sua opinião é muito valiosa para que continuemos a criar conteúdo para o blog, não esqueça de compartilhar em suas redes sociais. Obrigado pela sua leitura. 😊